quarta-feira, 29 de março de 2017

Muitas coisas acontecendo!

Olá Viajantes, tudo bem?

Vocês já devem ter percebido que faz um tempinho que eu não posto, primeiro peço que vocês não fiquem chateados comigo e esse post é justamente para contar "os porques" de tudo.


O mais importante a ser esclarecido é o seguinte, não desisti do blog e não desistirei tão cedo! Gosto demais de postar aqui, adoro ajudar as pessoas, seja com os meus posts sobre viagens, seja com os posts sobre produtos de beleza. O retorno que eu tenho aqui no blog com os comentários, os emails e os compartilhamentos me deixa imensamente feliz! Para uma pessoa carente como eu e com poucos amigos, o blog é um verdadeiro presente!

Mas já que eu gosto tanto, por que não estou me dedicando mais??

Essa é uma pergunta que eu também gostaria de saber a resposta, as vezes acho que a preguiça é maior do que eu, ou o cansaço ou também pode ser a procrastinação...

O ano de 2017 começou com força total na minha vida, já consegui realizar uma das metas que eu tinha colocado na minha lista para 2017, que foi trocar de emprego. Logo no primeiro mês do ano tive uma notícia no meu antigo trabalho que me deixou muito chateada, as coisas lá iriam passar por mudanças drásticas e isso afetaria diretamente o meu salário no final do mês. Com isso, tomei a coragem que me faltava e decidi começar a procurar um novo trabalho e logo eu achei! Fiquei impressionada como encontrei ele rápido, em tempos de crise isso é praticamente um milagre!


Este novo trabalho me possibilitou ficar mais perto da minha casa, ter um salário um pouco maior e não ter que trabalhar nos finais de semana, quase tudo que eu mais queria. Além disso, é uma empresa onde eu tenho algumas possibilidades de crescimento, onde posso aprender muitas coisas e dar um novo rumo para a minha vida, ou seja, só vantagens!

Em fevereiro comecei a trabalhar lá e esse é um dos principais motivos da minha vida estar meio confusa e eu não estar me dedicando o quanto gostaria ao blog. Essas mudanças de rotina, financeiras e de circulo social deixam a gente meio maluca no começo. Até eu me habituar com tudo vai demorar um pouquinho, só agora estou acostumando com o horário, porque tenho que acordar e sair de casa bem mais cedo do que no outro trabalho.

Além disso, voltei com as minhas atividades físicas, que também estão nas metas do ano, estou fazendo yoga, pilates, musculação e tango! Pois é, parece loucura né, não é a toa que não me sobra muito tempo livre e que eu esteja super cansada quando chego em casa e não quero nem chegar perto do computador. Confesso que exagerei na dose de atividade física, mas mesmo assim ainda quero acrescentar a corrida aí nessa lista! Estou fazendo de tudo para atingir a minha meta de emagrecimento para esse ano, entre outras metas!

Acredito que agora as coisas estão começando a se encaminhar e a ficarem mais tranquilas, vou ajeitando meus horários, conseguindo descansar um pouquinho mais, relaxando e organizando melhor os posts aqui no blog.


Outra meta que já consegui atingir aqui no blog foi ter trocado o layout do blog e a das redes sociais! Uhuull!! Já estava querendo isso desde o ano passado, mas nunca consegui achar algo legal e só depois de muito procurar e pensar me decidi por essas artes, espero que vocês gostem bastante! Ainda quero mudar muita coisa, mas isso vai vir com o tempo!

Dá uma olhadinha como ficou linda nossa Fanpage!! Que tal vocês me ajudarem a alcançar mais uma meta, que é a de ter 500 curtidas na página??? Lá tem bastante conteúdo legal e bem frequente.

Com o passar dos anos, aprendi que mudanças são necessárias na vida da gente, muitas vezes nós não estamos preparados para elas, mas muitas vezes nós corremos atrás dela. Esse foi o meu caso, me vi paralisada pelo medo ano passado e não gostei nem um pouco das consequências. Hoje estou feliz pelas atitudes que tomei, vejo novos caminhos se abrindo e mais mudanças pela frente, o que importa é não desanimar.

Espero que vocês compreendam tudo isso e que continuem acompanhando o blog! Ainda vai ter muito post, muita viagem e muito amor por aqui!

Desejo que todos vocês sejam muito felizes e que tenham muita perseverança para alcançar seus sonhos!!

Bjoo e boa viagem!!

sábado, 4 de março de 2017

Máscara Reconstrutora Acquaflora

Olá Lindas e Lindos, tudo bem com vocês?

Mais um review de produto maravilhoso que eu trago para vocês! Isso aqui é coisa boa mesmo viu! A maioria de vocês já percebeu que eu tenho certas marcas preferidas de produtinhos para cabelo. Acquaflora, Elseve, BioExtratus estão sempre por aqui e marcam presença na minha penteadeira todos os meses também.


Dessa vez eu trouxe a Máscara Reconstrutora da Acquaflora que já usei umas duas vezes de tanto que eu gostei dela! Já fiz um post sobre uma outra máscara da Acquaflora chamada Nutrição Celular  maravilhosa e que pode super te ajudar se o seu cabelo esta precisando de reparos intensos.

Como já contei em outros posts, meu cabelo estava numa situação muito complicada com o corte químico e mesmo depois de todo o loiro ter saído da minha cabeça, meu cabelo continuou frágil, fino, sem vida e seco. Eu precisava de produtos realmente muitos bons, que me ajudassem a encorpar os fios, a dar peso e a hidratar muito, foi aí que comprei a Máscara Reconstrutora da Acquaflora para testar.

Vamos aos detalhes:


A embalagem da Máscara Reconstrutora é preta com tampa de rosquear, algumas letras estão em rosa, mas ela não tem muitas "firulas" ou "decorações". Ela vem com cerca de 250g de produto e custa em média de 20,00 à 25,00 dinheiros, você consegue encontrá-la em lojas mais especializadas de produtos para cabelo, é difícil de achar essa marca em farmácias ou supermercados.

O creme tem uma textura mais leve, não chega a ser liquida, mas também não é tão grossinha quanto a Máscara Arginina Resist da Elseve, precisa caprichar um pouquinho na porção se você tem um cabelo médio pra longo, ela espalha muito fácil. A cor é branca e o cheirinho é aquele característico dos produtos da Acquaflora, um misto de tutti-frutti com floral (dá vontade de comer).

O que a marca promete:


Com essa máscara a Acquaflora promete hidratar, regenerar e nutrir profundamente os cabelos ressecados, restaurando e recuperando os fios. Ela possui queratina e um complexo ativo de aminoácidos. 

Confesso que achei muito pouco as informações que eles dão na embalagem, eu gosto de ler rótulos e não entendo muito os componentes da fórmula, então queria mais algumas explicações sobre os aminoácidos e tudo mais.

Para as meninas que estão fazendo Low Poo e No Poo vou deixar aqui a composição da Máscara Reconstrutora para vocês avaliarem!



O que eu achei:

Sempre uso essas máscaras uma vez por semana, naquela hidratação básica com touca de plástico e as vezes, se sinto que meu cabelo esta muito necessitado, eu faço duas vezes na semana, mas esse não é o recomendado não viu! 

Coloco bastante produto no meu cabelo, massageando mecha por mecha, coloco a touca e deixo por uns 10 minutos agindo, depois só enxáguo normalmente. Na hora você já percebe o poder de hidratação dessa máscara, ela simplesmente "derrete" o cabelo e deixa ele com um cheirinho maravilhoso. Depois eu só passo um pouco de creme de pentear pra dar aquela pesada nos fios, senão os meu cachos não se formam corretamente e ficam muito volumosos e com frizz. 

Eu achei que ela super hidratou meu cabelo, deixou macio e com brilho, mas sinceramente para dar aquela encorpada nos fios eu prefiro a Máscara Nutrição Celular da Acquaflora mesmo. Mas se o seu cabelo precisa de uma boa hidratação sem pesar muito eu recomendo essa daqui viu!


E se o seu cabelo já esta um pouco hidratado e não tão danificado, eu não recomendo, porque ela pode deixar os fios pesados e oleosos.

De um modo geral eu gostei, mas sou suspeita porque meu cabelo se dá muito bem com os produtos da Acquaflora, mas meu namorado também usou e gostou, ele tem o cabelo fino e enrolado, muito parecido com o meu.

E aí você já usou alguma dessas belezinhas que eu coloquei aqui no post?? Conta pra mim a sua experiência! E se precisar de qualquer coisa é só me deixar um comentário ✌☺

Bjoo e boa viagem!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Conhecendo Paraty - RJ

Olá Viajantes, tudo bem??

Estou fazendo esse post para complementar um que eu fiz em outubro do ano passado sobre essa cidade no litoral sul do Rio de Janeiro chamada Paraty. 


Finalmente durante as minhas férias em dezembro pudemos conhecer esse lugarzinho mágico que sempre esteve na minha listinha e que prometia ser uma viagem através do tempo. E posso dizer que realmente a gente se sente em outra época lá.

Saímos de Ubatuba, exatamente de Praia Grande e fomos seguindo para o norte, passamos pelas praias do Felix, Itamambuca, Picinguaba e finalmente depois de 1h 20min mais ou menos chegamos em Paraty. Demora esse pouquinho porque o caminho é de tirar o fôlego, é impossível não querer parar e tirar foto nos mirantes, se o sol colaborar e o céu estiver limpo aí o espetáculo é maior ainda! Aquela imensidão de mar fica com vários tons de azul, com algumas ilhazinhas perdidas no meio dele. Nunca tinha visto uma paisagem tão linda lá por aquela região, então vá preparado pra parar muito no meio do caminho e tirar muitas fotos.

Infelizmente nossa estadia em Paraty foi marcado pelo tempo fechado, bastante nublado com poucas aberturas de sol. Optamos por não fazer os famosos passeios de escuna que eu listei no outro post, mas conhecemos bastante ali do centrinho turístico, com certeza a principal atração de Paraty.


A cidade inteira é realmente um charme, mesmo sem estar no centrinho turístico, as casinhas são daquele estilo bem antiguinho. É difícil ver muitas coisas modernas por lá. No centrinho a viagem no tempo fica completa! Todas as casas são bastante antigas, com aquelas fachadas bem coloniais, as cores que lembram uma época distante das fazendas, os detalhes nas portas, nas luminárias, nas janelas são realmente muito preservados!

- Veja mais fotos de Paraty aqui nesse album!

A famosa rua chamada de "pé de moleque" é sem dúvida muito difícil de se andar! Eu tinha torcido o pé bem feio recentemente e quando cheguei lá achei que não ia conseguir andar! A sorte foi que levei um tênis com a sola reta e bem dura, assim andava com bastante cuidado evitando ao máximo pisar entre as pedras. Então tome cuidado, crianças e pessoas mais velhas podem facilmente se machucar por ali, eu mesma presenciei uma menininha de uns 4 aninhos chorando porque estava de sandalhinha e tinha torcido o pé. Por essas ruas serem fechadas para carros é necessário estacionar em torno do centrinho, pagamos 10,00 para o dia inteiro e era só atravessar a ponte que corta o rio, bem prático.


As ruelas são lotadas de lojinhas, restaurantes, cafés e sorveterias. O que não faltam são opções, desde as mais baratinhas até as mais requintadas. O preço dos artesanatos não varia muito de Ubatuba, pagamos 5,00 por um chaveirinho (que eu coleciono de todos os lugares que vamos), o que é super comum.

O que mais me chamou atenção em Paraty é a vida cultural da cidade, fomos na Igreja de Santa Rita e descobrimos que lá dentro funciona o Museu de Arte Sacra da cidade, com peças lindas demais de anos que a gente nem acredita que realmente existiram, tipo 1700, 1800 e por aí vai. É incrível todos os detalhes das peças e até dentro da igreja, reparei que nos fundos existe uma especie de fonte, e as torneiras da fonte são duas cobras, achei bem sugestivo, mas não tinha uma explicação mais aprofundada, foi só um detalhe que me chamou atenção. Tem uma salinha especial com centenas de peças em ouro e prata dos séculos XVII e XVIII, as coroas chamam muito a atenção, incrível como elas resistiram a tanto tempo. Vale a pena a visita, você paga uma quantia simbólica de 4,00 reais pra ajudar a manter o museu e tem acesso a toda essa bagagem histórica.


A Igreja de Nossa Senhora dos Remédios também vale muito a pena a visita, ela é bem mais ostensiva do que a de Santa Rita, e bem mais utilizada, mas os detalhes são incríveis, uma pena que não deixam a gente fotografar e nem filmar dentro delas, mesmo sem flash. Fiquei encantada com um dos padroeiros da cidade ser São Roque, sempre com o cachorrinho e o pãozinho na mão.

- Veja mais fotos de Paraty aqui!

Nas ruas o que mais existia era o pessoal apresentando sua arte. Tinha um grupo chamado Cartas na Rua, um grupo chamado Guatapu Pora, tinha violão, tinha violino e muitas comunidades indígenas expondo seus produtos. Tudo isso trás um charme a mais para Paraty, deixa mais com aquele clima de praia, deixa a noite gostosa e aconchegante, tudo fica mais mágico e tranquilo. Tenho que colocar aqui o trabalho dessas duas bandas itinerantes que eu me apaixonei muito!



Conhecemos então mais a praia do Pontal, que fica bem ali na cara do centrinho. Tem um tipo de pier de pedras muito lindo pra tirar fotos, não me arrisquei muito por conta do pé machucado, mas com certeza rende fotos lindas demais! Achei a praia bem cheia, mesmo o tempo não estando ótimo, tem mais quiosques pra se aproveitar, mas não curti muito o mar e a areia, achei um pouco sujinho.

- Mais fotos de Paraty na nossa fanpage no Facebook!

No geral achei Paraty uma cidade incrível e cheia de coisas para serem exploradas, uma pena que o tempo não colaborou e nós não conseguimos desbravar um pouco mais, mas fica aí a vontade de voltar até a cidade debaixo de um solzão e poder fazer todos os passeios que eu tenho direito!


Espero que vocês gostem e qualquer dúvida ou se quiserem saber mais sobre lá é só deixar nos comentários, ou então fiquem a vontade para me mandar um e-mail taviajandomenina@gmail.com

Bjoo e boa viagem

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Conhecendo a Ilha das Couves em Ubatuba!

Olá Viajantes, tudo bem?

Eu nem acredito que finalmente posso escrever esse post para vocês! Depois de anos sonhando em conhecer a famosa Ilha das Couves em Ubatuba, eu conquistei essa meta!

Pra vocês terem uma noção, em novembro de 2014 eu escrevi um post aqui no blog sobre lá e só agora eu consegui ir e posso contar todos os detalhes pra vocês!



- Como Chegar?

Existem duas principais formas de se chegar na Ilha das Couves, você pode pegar uma escuna ou uma lancha no Itaguá (centro de Ubatuba), mas já aviso que esse método é mais caro, porque não vai sair por menos de 100,00 por pessoa, já que a Ilha das Couves é meio longe do centro, e vai demorar bastante pra vocês chegarem até lá. 

Outra forma de ir, que foi como eu e o Dono fomos, é de carro. Você deve ir até a ultima praia de Ubatuba chamada Picinguaba, da Praia Grande até lá demora cerca de 50 minutos e você deve ficar atento porque nós vimos duas placas com o nome de Picinguaba, a primeira dá numa estrada de terra e a segunda CORRETA dá numa estradinha asfaltada.


Essa estradinha asfalta que leva até a vila de Picinguaba é até que tranquila, você não fica na beira de um "penhasco" como em outras "mini serras" em Ubatuba e passam dois carros tranquilamente por todo o seu caminho, mas como tudo na vida não são flores, ela esta bem esburacada, vá devagar e bem atento pra não ter nenhum imprevisto no meio do caminho.

No final da estradinha você já consegue ver a pequena praia de Picinguaba, que eu não achei tão bonita assim e que estava vazia quando chegamos. Fique atento porque no final da estrada e começo da praia existe um estacionamento que cobra 20,00 pelo dia todo, como nós não conhecíamos o lugar acabamos parando lá e gastando esse dinheiro, mas depois vimos que mais a frente existem outros lugares para parar o carro, procure uma vaga antes de pagar por ela, ok?

- Quanto Custa?

Chegando lá em Picinguaba você tem que procurar alguém que faça a travessia até a Ilha das Couves, o que não é nem um pouco difícil, já que a maioria dos moradores da vila faz esse percurso e sobrevive disso, mas peguei o contato do Sr. Rosemar, um pescador muito experiente e tranquilo que vai informando muito sobre aquela parte do litoral para os turistas. O barquinho dele tem colete salva vidas e é bem rapidinho, então eu super indico pra vocês!  

Sr. Rosemar - (12) 99665-3836


Como estávamos só eu e o Dono, pagamos 40,00 cada um pela travessia, mas nós tínhamos a comodidade de escolher o horário que gostaríamos de voltar, sem depender da opinião de outros. Mas se você estiver em mais pessoas o preço cai, por exemplo, dois casais ou 4 pessoas pagariam 30,00 cada um no mesmo esquema de horário combinado. Outra dica importante: não pague seu passeio antes, deixe pra pagar só na volta. Pelo que pude perceber o esquema de todos ali é assim, mas vai que surge algum engraçadinho não é mesmo?? Não dá pra correr o risco.

A travessia é super rápida, leva cerca de 10 a 15 minutos, então é uma ótima opção pra quem fica enjoado em barcos, esse não dá nem tempo de passar mal. O caminho todo é lindo demais, vimos até uma tartaruga! 

- Como é?

Chegando lá eu tomei um susto! Quando procuramos imagens na internet vemos uma praia quase deserta e linda, mas no dia em que nós fomos (e não era nem Natal ainda) a praia estava cheia! Tinha muito mais gente do que eu esperava! Para alguns isso não é problema, mas acho que deixa de ser legal quando você percebe que as pessoas levaram até churrasqueira pra lá!


Existem dois bancos de areia, o primeiro à esquerda tem um quiosque/restaurante e o segundo é o mais bonito - e mais cheio -  com muita sombra de arvore pra aproveitar! Nós ficamos no segundo e nem fomos até o primeiro através da trilhazinha que existe. Combinamos um horário com o Sr. Rosemar e descemos na areia, sem risco de molhar os celulares e câmera.

Vi um moço que estava alugando aparelhos de snorkel e flutuadores para os turistas. Aluguei meu flutuador por 5,00 a hora, que acabou se tornando 2 horas porque ele deixou. Então não se preocupe, se você não em esses aparelhos, lá você consegue alugar e acredite você vai querer muito estar usando eles.

- Veja mais fotos da Ilha das Couves aqui neste album!

A Ilha das Couves é realmente tudo isso que a gente vê por aí, um dos lugares mais lindos que eu já conheci na vida! A areia é branquinha e fininha, mas quando a gente entra na água ela é grossa. O mar é calmo, transparente e azulzinho, no dia que nós fomos a visibilidade nem estava tão boa, mas conseguimos ver coisas incríveis demais! A variedade de peixes é enorme, tem sargentinho, tem preto, tem azul, tem amarelo, tem listrado colorido, branquinho, furta-cor, tem ouriço de todos os tamanhos e muitos corais! Na hora que o sol bate na água dá um efeito lindíssimo no fundo do mar, fica todo ondulado e brilhante, só estando com o snorkel pra perceber tudo isso!


Fiquei admirada como os peixes não tem medo dos humanos, a praia estava cheia e mesmo assim eles nadavam ao redor da gente e pareciam estar tranquilos.

Uma coisa que me deixou muito chateada foi que além dos peixes eu vi lixo embaixo da água também, vi uma sacola plástica e uma embalagem plástica parecida com a de algum produto de limpeza. Como é triste pensar que com a popularização da Ilha das Couves ela será cada vez mais degradada por turistas que não tem a conscientização e a preocupação de recolher seus próprios lixos e levar embora dali. Por isso se você for até lá para passar um dia ou até um tempinho, recolha todo o seu lixo e leve embora com você, ok? E se você ver alguém deixando lixo dê um toque para essa pessoa, ou caso o lixo já esteja lá, recolha! Temos que preservar esse paraíso da Ilha das Couves, um dos lugares mais bonitos de Ubatuba com toda certeza!

Quando deu o horário combinado o Sr. Rosemar veio nos buscar e passamos bem pertinho da Gruta da Velha, um lugar usado como batismo de mergulhadores, que deve ser lindo demais por baixo da água. 


Só posso dizer que voltarei com toda certeza para a Ilha das Couves e todas as vezes que for a Ubatuba eu com certeza irei pra lá! Vale a pena cada centavo e todo tempo gasto com esse passeio. Não dá vontade de ir embora, não dá vontade de sair da água! E quero voltar com uma GoPro que é pra poder filmar e fotografar direitinho pra mostrar a vocês!

Dica: Leve bastante comidinhas e muita água, já que você com toda certeza irá querer passar muito tempo lá na ilha.

- Mais fotos da Ilha aqui neste album!

Para as pessoas que querem se hospedar em Picinguaba parece que existe duas boas opções de pousadas por lá, mas não cheguei a conhecê-las. Uma opção bem maravilhosa pra quem quer ir todos os dias na Ilha das Couves!

Espero que vocês tenham gostado de todo esse meu relato de como é um dos paraísos de Ubatuba, caso você tenha alguma dúvida é só me perguntar nos comentários ou então me mandar um email taviajandomenina@gmail.com , ficarei muito feliz em te ajudar!!


Você já foi em algum outro lugar parecido com esse paraíso aqui?? Me conta nos comentários também!!

Bjoo e boa viagem!!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...